Estimativas globais

Número de fogos 3.157
Número total de edifícios 28
Área total de construção 257.817 m2
Área de intervenção 477.000 m2
Habitação 86%
Comércio 10%
Equipamentos 4%
Número de lugares de estacionamento privativo 4.461
Área de estacionamento em estrutura edificada 114.130 m2
Investimento privado €293,9M
Tipo de intervenção

Nova construção

Descrição do Projeto

A área de intervenção do Vale de Santo António liga o rio Tejo à Penha de França, estando o seu limite Sul a menos de 15 minutos a pé da Estação de Comboio e Metro de Santa Apolónia (linha Azul).

Trata-se da maior operação de requalificação urbana da cidade de Lisboa, depois da Expo 98 e da Alta de Lisboa, a uma distância de cerca de 2 mil metros do Castelo de São Jorge.

Esta área esteve inicialmente prevista para o desenvolvimento de habitação para o segmento de procura com maior poder de compra, explorando as enormes potencialidades de vistas panorâmicas para o Rio Tejo e a proximidade ao centro histórico de Lisboa.

As transformações que aqui se irão desenvolver têm como objetivo oferecer a melhor qualidade urbanística às famílias de classe média, com preços acessíveis e com elevado nível de oferta de espaços públicos, um parque urbano, comércio, serviços, equipamentos para a infância e de educação, desporto e cultura. Será seguramente um dos melhores bairros para se viver em Lisboa.

Este território é abrangido pelas freguesias de Penha de França, Beato e São Vicente, entre a Avenida General Roçadas, o Alto de S. João e o Rio Tejo.

Galeria

Documentação

•    Ficha síntese da área de intervenção
•    Site Lisboa Interativa (com integração de informação técnica de planeamento e urbanismo)
•    Plano de Urbanização do Vale de Santo António
•    Plano Diretor Municipal de Lisboa
•    Regulamento Municipal de Urbanização e Edificação de Lisboa
•    Desenhos de Levantamento (ficheiros DWG):
      Levantamento topográfico