Estimativas globais

Renda Acessível
(mínimo)
Preço Livre
Número de fogos 55 23
Número total de edifícios 4 4
Área total de construção 7.550 m2 2.353 m2
9.903 m2
Área de intervenção 14.860 m2
Habitação 87%
Comércio 8%
Escritórios 5%
Investimento privado

€8,5M

Tipo de intervenção Regeneração urbana + Nova construção

Estimativas globais

Renda Acessível
(mínimo)
Preço Livre
Número de fogos 55 23
Número total de edifícios 4 4
Área total de construção 7.550 m2 2.353 m2
9.903 m2
Área de intervenção 14.860 m2
Habitação 87%
Comércio 8%
Escritórios 5%
Investimento privado

€8,5M

Tipo de intervenção Regeneração urbana + Nova construção

Descrição do Projeto

A área de intervenção do Paço da Rainha está localizada no centro de Lisboa, inserida na Freguesia de Arroios, abrange o conjunto limitado pela Rua de Santa Bárbara, Largo do Cabeço de Bola, Rua da Escola do Exército e Rua das Barracas, com génese no século XVIII e com elevada concentração de imóveis municipais.

Este núcleo, fronteiro ao Paço da Rainha e na proximidade do Campo Mártires da Pátria, está numa zona tranquila do centro de Lisboa, usufruindo da excelente rede de transportes públicos (a 5 minutos a pé das estações de Metro da linha Verde, Anjos e Intendente, bem como das carreiras de autocarro da Carris), está localizado junto ao Jardim do Campo Mártires da Pátria e a 15 minutos a pé do Jardim do Torel, a  partir do qual se pode desfrutar de uma das melhores vistas panorâmicas de Lisboa.

Trata-se de uma zona bem servida de equipamentos de utilização coletiva e com muito comércio de proximidade, sobretudo no eixo e envolvente da Av. Almirante Reis e Campo Mártires da Pátria.

Os projetos a desenvolver nesta área vão melhorar muito a qualidade e coerência deste conjunto de edifícios, bem como dos espaços públicos da envolvente, transformando-a num núcleo residencial de elevada qualidade.

A intervenção no edificado será realizada em articulação com a intervenção no espaço público, pretendendo-se que o mesmo funcione em estreita ligação com os espaços habitacionais, dada a escala e o carácter intimista deste conjunto urbano.